O aumento do frete marítimo China-Brasil encarece produtos importados

Frete internacional passa de R$ 70.000,00 e causa aumento de mais de 25% no preço final dos produtos.

Escrito por: Élio Spindler

Que 2020 foi um ano atípico todos sabem. Ele mudou a forma como nos relacionamos uns com os outros e interferiu diretamente na economia mundial.

No setor de importação não foi diferente, com o encarecimento dos fretes vindos da China muitos produtos tiveram um aumento maior que 25% no seu preço final.

Com mais de 30 anos no mercado de importação, é a primeira vez que me deparo com preços tão elevados e um cenário tão instável.

Segundo uma matéria publicada no jornal Valor Econômico, na semana do Natal o frete registrava US$ 7.184 por TEU (medida padrão usada para contêineres). Sete dias depois, já chegava a US$ 8.173.

Agora, os preços alcançaram a marca dos US$ 10 mil e continuam subindo.

Esse aumento é resultado de uma junção de fatores, com o avanço da pandemia muitos países determinaram o lockdown e pararam com as importações.

Ao longo do ano, ficou claro para as empresas que seria necessário retomar os pedidos.

O aumento, porém, coincidiu com a retomada na Europa e nos Estados Unidos, levando a uma disputa acirrada por contêineres e embarcações.

Hoje, praticamente todos os navios disponíveis no mundo estão em uso.

Outra questão importante, são os atrasos e restrições em toda a cadeia logística, desde a liberação de cargas até a devolução de containeres, que aumentam o delay para que eles voltem a circular.

A falta de regulamentação e o monopólio no setor de importação, deixam muitos importadores de mãos atacadas, já que precisam recorrer a fretes absurdos para comprar suas mercadorias e não conseguem obter respaldo dos órgãos regulamentadores.

Com o cenário atual e com a nova possiblidade de lockdown na Ásia e na Europa devido a 2º onda do covid, teremos que continuar alertas as mudanças do mercado e esperar que tudo se normalize o mais rápido possível.

Fontes:

https://www.abcdoabc.com.br/brasil-mundo/noticia/importadores-apreensivos-disparada-frete-internacional-114840

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/opiniao/colunistas/yohanna-pinheiro/frete-maritimo-da-china-dispara-pressiona-empresarios-e-deve-encarecer-importados-1.3033503

https://valor.globo.com/empresas/noticia/2021/01/07/frete-china-brasil-dispara-e-deve-encarecer-produtos-importados.ghtml

Élio Spindler

Fundador e diretor da Bell Valley, com mais de 30 anos de experiência no mercado de importação. Pioneiro no setor, acreditou desde sempre no potencial da Ásia como fornecedor de diversos insumos para as mais variadas áreas, como: calçadista, atacado, comunicação visual e moveleiro.

Ficou com alguma dúvida e precisa de ajuda?

Matriz Itajaí – SC

R. Dr. Reinaldo Schmithausen, 3161 – Cordeiros, Itajaí – SC, 88311-481, Brasil

Filial Novo Hamburgo – RS 

Av. Vítor Hugo Kunz, 410 – Hamburgo Velho, Novo Hamburgo – RS. 93510-150, Brasil

contatos

Bell Valley Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.